Coturnos e Botas: Devo usar um?

Todo combatente de Airsoft é um amante da adrenalina e da ação, não é mesmo? Entretanto, isso não pode refletir em descuidos com a própria segurança. Por essa razão, deve-se imaginar o seguinte cenário:

“Você está em uma partida emocionante, seu time vai muito bem. Sucesso total! Quando vai retirar o equipamento após a missão, repara que em seu calçado há um objeto, cravado fundo ali. Ao retirá-lo, percebe que é um pedaço de metal, relativamente grande, enferrujado. Ao observar o solado do calçado, percebe que o buraco deixado em sua superfície é enorme.”

Bem, caso você esteja usando um coturno ou bota, a probabilidade do pedaço de metal lhe ferir os pés é remota. Entretanto, se você não respeitasse as normas de segurança em campo, utilizando um calçado comum; já imaginou no acidente grave que poderia ocorrer? Inclusive, pelo fato de o metal estar enferrujado, poderia haver uma infecção ou algo até pior, pelo contato com a corrente sanguínea.

Esse tipo de situação se torna bem comum, haja vista que os campos de combate de Airsoft, normalmente, são cenários acidentados, com muitos detritos espalhados – até para reproduzir, com o máximo de fidelidade, uma situação realista. Para muitos, a segurança de um combatente – seja em uma guerra real, ou em uma partida de Airsoft – deve começar pelos pés.

Quem acha que o uso de coturnos começa com os militares dos Exércitos do século XX está muito enganado. Já há registro desse tipo de calçado nos gregos antigos – a palavra original grega é ‘kothurnos’ – se tratavam de sandálias com tiras, geralmente de couro, que trançavam o modelo até a panturrilha, para dar segurança na caminhada. O tempo fez com que essa peça do vestuário de combate evoluísse, modificando características para ampliar a durabilidade e a resistência, sem abrir mão da leveza e do conforto de uso.

Uma boa sugestão ao adquirir o seu coturno é reparar em características como a vedação, se a palmilha é blindada, e, evidentemente, se o calçado está bem proporcional, em relação ao tamanho e conforto de seu pé.

Entre os materiais mais frequentes de fabricação para botas ou coturnos temos: o corpo em lona ou tecido, além de couro, seja de origem animal, ou sintético. Já a sola é feita em EVA – um composto plástico de maior resiliência e durabilidade, além de ter costuras reforçadas e grips para frenagem e antiderrapagem.

Então, foco na escolha de seus coturnos e tenha excelentes combates de Airsoft!

Compartilhe!